Moçambique- Maputo
Bairro da Malhangalene
Av. Da Malhangalene n.° 472
Telefone:   (+258) 21314854

Sobre Nós

Sobre nós

ABIODES - Associação para Desenvolvimento Sustentável é uma associação moçambicana sem fins lucrativos, dotada de personalidade jurídica, com autonomia administrativa, financeira e patrimonial, constituída nos termos da lei, regendo-se pelos seus estatutos publicados no BR no 29 III série de 21 de Julho de 1999.

Em 1995 aglutinava membros com interesse em desenvolver actividades na área agrícola. O seu rápido crescimento e aderência de outros membros de conhecimentos e interesses em outras áreas de desenvolvimento motivou para que o núcleo se transformasse em uma associação com os aspectos técnico-jurídicos salvaguardados. Assim, em Novembro de 1998 o núcleo de entusiastas a transformou em associação através da assinatura de uma escritura pública no primeiro cartório notarial na cidade de Maputo sob o nome de Associação pela Agricultura Biológica, Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável.

Desde então, e com a modificação do nome para Associação para Desenvolvimento Sustentável em 2010, vem desenvolvendo actividades de âmbito nacional e internacional, prosseguindo o seu objectivo social, privilegiando assim o conhecimento empírico das comunidades, transformando-o e conciliando com a capacidade técnica para o alcance do seu objectivo final que é contribuir para o desenvolvimento sustentável de Moçambique e da região e em última análise do mundo.

É constituída por um grupo de membros moçambicanos especializados em áreas relevantes à problemática de desenvolvimento sustentável, agricultura biológica, ambiente e recursos naturais com experiência de trabalho de muitos anos em vários domínios da actividade sócio-económica de Moçambique, incluíndo execução de projectos, assessoria na definição de políticas e estratégias, investigação extensão, consultoria, ensino formal e informal, etc.

Possui as seguintes áreas temáticas de trabalho:

(i)           agricultura e segurança alimentar;

(ii)           ambiente e biodiversidade; e

 

(iii)          lobbying e advocacia para desenvolvimento sustentável.